Leite e água fazem uma bela parceria

Leite e água fazem uma bela parceria

Categoria(s): Arquivo

Publicado em 07/07/2015

O principal evento do setor leiteiro do Brasil irá financiar o plantio de árvores nativas em áreas degradadas do Sistema Cantareira, reservatório hídrico para o abastecimento da região metropolitana de São Paulo. Ao todo, serão plantadas 229 mudas de espécies variadas da Mata Atlântica em uma área aproximada de 1.400 m², o que dará ao Interleite Brasil 2015 o selo Carbon Free, um dos mais reconhecidos no país.

O Interleite Brasil (Simpósio Internacional sobre Produção Competitiva de Leite), que está na sua 15 ª edição, conta com o patrocínio Master da Itambé Laticínios. O simpósio será realizado nos dias quatro e cinco de agosto no Center Convention, em Uberlândia, importante cidade do triângulo mineiro (MG). A Itambé também está patrocinando a compensação de emissões do evento. De acordo com Mauricio Petenusso, gerente de sustentabilidade da empresa: “A Itambé Brasil tem em seu DNA uma preocupação muito grande com o meio ambiente. Em nosso negócio sempre buscamos soluções sustentáveis que produzam benefícios para o planeta. Por isso, desta vez, além de patrocinar o Interleite, estamos contribuindo também com o plantio de árvores na região do sul de Minas Gerais, com objetivo de neutralizar as emissões do evento e demonstrar a importância do plantio na recuperação do armazenamento de água”.

O encontro está com sua programação definida e reunirá temas e palestrantes de destaque no Brasil e no exterior. O Interleite Brasil caracteriza-se por trazer temas inovadores e debates aplicados sobre sistemas de produção e possui uma programação atualizada que abordará assuntos escolhidos sob uma visão do que é relevante e estratégico para quem quer crescer no leite, alinhando às necessidades do produtor e do técnico.

A organização do Interleite Brasil espera a presença de mais de 900 pessoas nos dois dias do simpósio. Para Marcelo Pereira de Carvalho, diretor executivo da AgriPoint e coordenador do evento, a decisão de compensar tem também uma razão estratégica. “Nos principais países produtores de leite, a questão ambiental tem ganho importância crescente, seja pelo uso adequado de nutrientes na alimentação e adubação, seja pelo manejo de dejetos, pela gestão da água nas propriedades ou pela redução da emissão dos gases de efeito estufa. Para mostrar o alinhamento dessa realidade com aquilo que acreditamos, estamos, em parceria com a Itambé, neutralizando as emissões de gases de efeito estufa do Interleite Brasil 2015. Com isso, damos nossa contribuição para a preservação dos mananciais que suprem o sistema Cantareira e também conscientizamos o produtor de leite a respeito do tema", afirmou o Diretor da AgriPoint.

Essa também é uma oportunidade para a Iniciativa Verde aproximar-se de um setor produtivo de grande importância no país. Para Lucas Pereira, diretor técnico da organização e responsável pelo Carbon Free, “além de promover um impacto muito positivo para São Paulo, o intuito desse projeto é mostrar como o setor produtivo também pode contribuir para a recomposição florestal no Brasil. Os serviços ambientais prestados pela floresta beneficiam a todos, e sua reponsabilidade deve ser compartilhada. Esta iniciativa do MilkPoint e da Itambé é muito louvável”.

Para saber mais informações sobre o Interleite Brasil 2015, conhecer a programação completa e os palestrantes do evento, além de realizar a sua inscrição, acesse: www.interleite.com.br.

  • 699 Hectares Reflorestados
  • 114.267 Toneladas de CO² compensados
  • 916 Empresas