Como a economia pode estimular a preservação e o plantio de florestas nativas

Como a economia pode estimular a preservação e o plantio de florestas nativas

Categoria(s): Arquivo

Publicado em 23/09/2016

Existem ferramentas relativamente simples que podem ajudar a recuperar o meio ambiente: instrumentos econômicos. O nome parece complicado, mas a ideia é usar incentivos como fiscais para que o produtor rural, os empresários e a sociedade tenham benefícios econômicos diretos com a recuperação de florestas nativas e a preservação dessas matas. Para entender o tema, o movimento Mais Florestas PRA São Paulo publicou na internet uma animação. Veja:


O vídeo faz parte da primeira campanha do movimento Mais Florestas PRA São Paulo, criado por organizações da sociedade civil (ver final do texto) e pessoas físicas. O objetivo é garantir que o Programa de Regularização Ambiental (PRA) paulista traga incrementos reais à cobertura florestal do Estado. Nesta campanha, serão compartilhados nas redes sociais Facebook e YouTube cinco animações explicando o PRA e um vídeo documentário contextualizando o movimento. Este é o segundo vídeo que pode e deve ser compartilhado.

As animações serão lançadas uma por vez toda quarta-feira, semanalmente, nas páginas oficiais do movimento. Os temas abordados serão: Floresta e água; APPs urbanas; Cerrado; exportação de florestas e anistia aos desmatadores; instrumentos Econômicos e PRA. O documentário será o último a ser divulgado, contará com entrevistas de especialistas, ambientalistas e agricultores.

A intenção é que os vídeos subsidiem as discussões sobre a Lei Florestal no Estado, em especial a regulamentação do PRA e da Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADIN) que suspende a Lei Estadual 15.684/15. Consequentemente, colocando o PRA em debate na pauta da sociedade. No início de outubro, o movimento deve realizar uma mesa redonda aberta para a população para discutir o PRA e seus desdobramentos. O evento deverá acontecer na cidade de São Paulo. Em breve, mais informações.

Quem somos
O Mais Florestas PRA São Paulo é um movimento de instituições, pessoas e coletivos que reconhecem a importância das florestas para a qualidade de vida dos paulistas e trabalha para que políticas públicas, como o Programa de Regularização Ambiental do Estado (PRA), viabilizem um real aumento de cobertura florestal.

O movimento teve início em janeiro de 2016 quando um grupo de instituições e pessoas, insatisfeitas como os resultados e processo de construção do PRA, articulou para reivindicar por maior transparência e objetividade nas normas de sua implementação.
O Mais Florestas PRA São Paulo atua, também, em conjunto com o Observatório do Código Florestal buscando tratar de forma mais específica as questões no âmbito do Estado de São Paulo.

Quem faz parte
Organizações: Apoena, Associação Ambientalista Copaíba, Associação Cunhambebe, Imaflora, Iniciativa Verde, IPÊ, Instituto Socioambiental (ISA), Pacto pela Restauração da Mata Atlântica, Rede de ONGs da Mata Atlântica, SOS Cuesta de Botucatu, SOS Mata Atlântica, SPVS, TNC, WRI.
Pesquisadores: Jean Paul Metzger (USP), Ricardo Ribeiro Rodrigues (USP).

Saiba mais
https://www.facebook.com/maisflorestasprasaopaulo/
https://www.youtube.com/channel/UCVlNq74sSRQaS1_7PBc-oeg


Hashtag: #MaisFlorestaPRASaoPaulo
Contato para a imprensa: (11) 3647-9293

  • 699 Hectares Reflorestados
  • 114.267 Toneladas de CO² compensados
  • 916 Empresas