Área restaurada pelo Carbon Free integra novo lar de antas e jacutingas

Área restaurada pelo Carbon Free integra novo lar de antas e jacutingas

Categoria(s): Arquivo

Publicado em 31/08/2018

O programa Carbon Free da Iniciativa Verde recuperou cerca de dez hectares de Mata Atlântica na Reserva Ecológica de Guapiaçu (REGUA), em Cachoeiras de Macacu (RJ). A Reserva que deu lar permanente para 15 mil árvores nativas do bioma mais degradado do Brasil agora também é a morada de três jacutingas e três antas, ambas espécies ameaçadas de extinção.

As jacutingas, apelidadas de Coffee, Thaty e Lily, nasceram em cativeiro e foram adquiridas pela SAVE Brasil especialmente para a reintrodução do Projeto Jacutinga, apoiado pela Fundação Grupo Boticário de Proteção à Natureza. Segundo a responsável técnica Alecsandra Tassoni, a espécie está extinta no Rio de Janeiro desde que foi avistada pela última vez em Itatiaia, em 1978, e na Serra dos Órgãos, em 1980. “Entre 2006 e 2008 foram reintroduzidas jacutingas no local, mas hoje não temos mais relatos de avistamentos dos indivíduos. Portanto, essa ausência das aves no estado foi o motivo da extensão do Programa de Reintrodução de Jacutingas também para REGUA, situada a cerca de 150 km ao norte da cidade do Rio de Janeiro”, explica.

Foto: SAVE Brasil

Já as antas - Flora, Valente e Júpiter - foram reitroduzidas pelo Programa Refauna, também apoiado pela Fundação Grupo Boticário. Após um mês de adaptação, o trio se juntou a Eva e Floquinho, outros dois animais da espécie que foram reintroduzidos no local em dezembro de 2017.

As antas não estão totalmente extintas na Mata Atlântica, mas estão extintas no Rio de Janeiro há pelo menos 100 anos. “Nosso objetivo com o Programa Refauna é diminuir o processo de desaparecimento das espécies e restabelecer as interações ecológicas na Mata Atlântica”, informa o responsável técnico, Maron Galliez.

Os animais são atores importantes na recuperação dos ecossistemas, por sua capacidade de dispersão de sementes - favorecendo a germinação da floresta - e controle de abundância de espécies de plantas dominantes.

Área restaurada pela Iniciativa Verde

“Estamos muito otimistas com a reintrodução desses animais. Foram muitos meses preparando-os para esse momento e nossa esperança é que a espécie não desapareça mais da região”, comenta Alecsandra.

Pioneiro no Brasil, o programa Carbon Free atua desde 2005 no cálculo e compensação de emissões de gases do efeito estufa. Através de financiamento volutário de empresas, eventos e pessoas físicas, promove a recuperação florestal em Unidades de Conservação, como a REGUA, e em áreas de preservação de imóveis particulares. Conheça mais sobre o programa clicando aqui.

Fonte.

  • 699 Hectares Reflorestados
  • 114.267 Toneladas de CO² compensados
  • 916 Empresas